COMO A PANDEMIA PODE MUDAR A PROFISSÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA