Facebook Pixel

Gestão de Turmas de Alto Desempenho - Pood Blog

Gestão de Turmas de Alto Desempenho

Em aulas coletivas, o bom Líder deve não só ter conhecimentos específicos como ter um portfólio extenso de ferramentas de gestão. Gerir pessoas requer atenção extra, tanto individualmente como no comportamento de grupo. É preciso sempre criar conexão com a turma, do momento que os alunos entram em sala até o fechamento da aula, e em turmas de alto desempenho essa conexão precisa ser ainda mais dinâmica, pois o perfil geral do aluno é mais exigente e “acelerado”. Ao falharmos na conexão com estes alunos, perdemos o controle da turma, e quando isso acontece todo o processo pedagógico que criamos para o cronograma de aula vai por água abaixo.

Uma das formas mais eficientes de gerir esta conexão e o rendimento dos nossos alunos é identificar as necessidades gerais. Após nos atentarmos para um escopo mais amplo, pontuar individualmente fica mais fácil. Se imagine ministrando uma aula para 30 pessoas, e tentando identificar, estabelecer contato, corrigir, demonstrar e ensinar individualmente, mas sem o foco no comportamento de grupo. É virtualmente impossível que essa aula flua da forma que queremos ou que nos programamos.

Existem inúmeros fatores que fogem do nosso controle no ambiente de aula/treino. O melhor que temos que fazer é deixa-los do jeito que estão e focarmos no que realmente importa. “Controle o que você pode controlar”. No ambiente de aula, essa afirmação é um caminho que devemos seguir, porque nos oferece mais eficiência na hora de coordenar pessoas em uma situação de alta produtividade.

[caption id="attachment_1080" align="aligncenter" width="800"]Coach Dan - Gestão de Turmas de Alto Desempenho Coach Dan - Gestão de Turmas de Alto Desempenho[/caption]

Mas afinal de contas, qual a diferença entre gerir pessoas em um ambiente “normal” e em um ambiente de “alto rendimento”?

A diferença primordial, e que vai nortear a nossa linha de trabalho, está no nível de produtividade. Como Coach, você é responsável pela produtividade da sua turma. Imagine um cenário onde houve perda de conexão com a turma, o som está desligado, as pessoas já foram chamadas para o início de um briefing e nada acontece. O que você consegue visualizar? Tecnicamente falando, teríamos várias correções a serem feitas nessa situação. Mas o erro mais grave aqui não foi mencionado: ele é consequência de tudo o que aconteceu. A produtividade parou, o fluxo foi interrompido. Certamente, ainda que não demonstrem ou não venham dar um feedback após a aula, as pessoas ficarão entediadas e insatisfeitas, porque durante algum tempo, no horário em que elas pagam para terem uma hora de aula orientada, elas não fizeram nada. Então, mais uma vez é importante que você esteja preparado e capacitado para suprir essa demanda de exigências. E nesse tipo de gestão de grupos, ainda que alcancemos certo nível de qualidade e viremos referência, é imprescindível que na posição de liderança se desligue o piloto automático e que se busque o melhor sempre, incansavelmente. Você precisa surpreender quem paga caro por isso.

É importante que tentemos visualizar a nossa carreira daqui a 10 anos. Vamos conseguir impactar mais pessoas? De forma significativa e verdadeira? O que preciso fazer para que neste período eu melhore as minhas ferramentas e consiga ser um líder melhor, a cada dia.
Não adianta ser colocado numa posição de liderança porque você é proprietário ou o Coach do horário que a pessoa está matriculada. Seus alunos precisam reconhecer em você uma figura que acolhe, orienta e inspira. Que está ali todos os dias para e por eles. Apesar de pagarem para isso, faz parte do nosso trabalho melhoramos o dia a dia de nossos alunos. De moldar o caráter deles, com pequenas atitudes, uma de cada vez. E o mais importante, vencer o jogo da vida.

Tenha em mente que, se você é colocado em uma posição de liderança pelo seu cargo – no caso, o Coach -, você vai ter que trabalhar ainda mais duro para que as pessoas o reconheçam como tal. Não adianta só posar como uma figura de liderança. Você precisar mostrar isso com atitudes, ações e com empatia. Tratar as pessoas e seus perfis distintos da forma como precisam, e orienta-las da melhor forma possível, tanto dentro do Box como fora. Esteja pronto para conversar sobre qualquer assunto, se interesse verdadeiramente sobre a vida das pessoas que agora você faz parte.

Por Daniel Martins

Leave a Reply
WhatsApp Chat WhatsApp Chat