Facebook Pixel

O que os donos de Box de sucesso têm em comum - Pood Blog

O que os donos de Box de sucesso têm em comum

Na minha experiência como coach de CrossFit em 5 países diferentes, trabalhei em academias boas e ruins. Neste ponto, posso dizer rapidamente se o trabalho vai dar certo, e também se o ‘box’ é saudável o suficiente para sobreviver a longo prazo. Embora as academias de CrossFit variem em tamanho, equipamento e clientela, todos os bons proprietários têm algumas coisas em comum que abordarei neste artigo. O que eu procuro em uma posição de coaching (e o que você deve fazer também!) É se o dono pode ou não entender o que motiva os coaches, se o mesmo transmite liberdade para eles se expressarem e façam seu trabalho, e se a filosofia é compatível com a sua.

Como fazer a escolha certa de uma sala de CrossFit para trabalhar?

Deveria ser óbvio imediatamente. Antes mesmo de começar o processo de contratação, o proprietário precisa ter um plano. Não apenas um plano de negócios, mas um plano em mente de como ele quer tratar seus coaches. Esse plano também deve incluir um conjunto de expectativas e metas claramente definidas que vão além de “vender mais camisetas”. Quando um proprietário delineia metas e expectativas específicas desde o início, ajuda a eliminar os candidatos errados no início do processo, o que economiza tempo para todos.

Uma das maneiras mais bem-sucedidas de lidar com isso é através do ‘coaching ride along’, não sei como traduzir o termo, mas funciona da seguinte forma, o coach irá dar algumas aulas na ‘box’ que potencialmente quer contratá-lo, enquanto o proprietário avalia o desempenho do mesmo. Depois da aula, os membros recebem ‘scorecards' para avaliar o coach nos quesitos pré-determinados pelo proprietário. Então, quando estiver na entrevista, o proprietário pode mostrar as pontuações dadas por alunos e por ele mesmo, o que imediatamente me dirá se atingi as expectativas, ou não. Com bons resultados, também sei imediatamente que serei bem recebido como parte da comunidade. Não só sei que o proprietário  está confiante em minhas capacidades, como também os membros.

Quais outras qualidades formam uma combinação perfeita?

Além dos números e pontuações NPS, proprietários e treinadores precisam se unir em seus valores fundamentais. O treinador vai querer saber se a academia tem a capacidade de apoiar seus objetivos profissionais e pessoais, que incluem coisas como aumentos, férias e a oportunidade de assumir um papel administrativo maior no futuro.

Da mesma forma, o proprietário precisa saber que o treinador está disposto a se comprometer com a academia, tratando a posição como uma carreira de longo prazo. O proprietário vai querer saber onde o treinador se vê nos próximos seis meses / um ano / cinco anos.. As avaliações de desempenho mensais são uma boa maneira de acompanhar esses valores e oferecem uma oportunidade para o coach e o proprietário compartilharem seus pensamentos antes que alguma forma de ressentimento comece a interferir na relação.

Que tipos de personalidade você procura nos proprietários?

Eu trabalhei com diferentes tipos de donos de academias e, de longe, os mais bem-sucedidos foram aqueles que respeitavam minha habilidade e não sentiam que precisavam micro-gerenciar todos os movimentos que eu fazia na ‘box’. Para muitos membros, ir treinar é a melhor hora do dia. Eles não precisam se preocupar se o dono acha que seus treinadores são qualificados. Eles devem se sentir confiantes de que fizeram uma boa escolha se matriculando nesse sala. Normalmente, a razão para proprietários ficarem micro-gerenciando seus treinadores, pode ser o fato de terem contratado muitos coaches que não fizeram um bom trabalho no passado. Independentemente de ser por falta de qualificação ou apenas desmotivados, trabalhar com treinadores ruins dificulta muito o trabalho, pois leva mais tempo para que você ganhe a confiança do proprietário.

Outro tipo difícil de dono para se trabalhar é aquele que motiva pelo medo. Mais uma vez, os membros só querem desfrutar de seus treinos. Mas como a comunidade dentro de uma ‘box’ é tão próxima, os membros podem sentir a ansiedade de seus treinadores imediatamente. Por que eles treinariam em uma “box” como essa?

Como gosto de viajar e visitar salas de CrossFit ao redor do mundo e experimentar novas culturas, o que procuro em um proprietário é aquele que compreende minha paixão e confia que eu sei o que estou fazendo. Eles devem ter um plano claro e um conjunto de valores e expectativas que possam se comunicar facilmente. E eles devem ter a confiança para permitir que eu me expresse, sabendo também que vou fazer o trabalho bem feito.

Por Cássio Oliveira

Leave a Reply
WhatsApp Chat WhatsApp Chat